Arritmias - alterações do ritmo cardíaco

A maior parte das arritmias são benignas, que não requerem tratamento ou não oferecem grandes riscos.

Em geral, as malignas, acometem pessoas que já tem alguma doença cardíaca.




0 comentário