São 11 milhões com depressão

A prevalência registrada é maior entre as mulheres (10,9%) do que nos homens (3,9%).

Depressão

A Organização Mundial da Saúde (OMS), estima que até 2020 a depressão seja a doença mais incapacitante do mundo.

No Brasil, já temos a depressão como a segunda maior causa de incapacidade, sendo, incrivelmente o maior índice na América Latina.

Ao todo, são mais de 11 milhões de brasileiros diagnosticados com a doença, de acordo com dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS). Isso sem contar os pacientes que não procuram serviços médicos ou tem seus sintomas e sinais subestimados, não fazendo parte desse índice, que com certeza, seria maior.

No SUS, a doença representa quase um quarto (23%) dos atendimentos ambulatoriais e hospitalares em saúde mental.

Os casos menos graves da doença recebem o acompanhamento de profissionais como psicólogos e psiquiatras, mas não requerem cuidados mais extremos.

Já as ocorrências de maior gravidade, como a falta de interesse no convívio social, ou que estão associadas a outras doenças como bipolaridade, esquizofrenia entre outras, são encaminhadas aos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

Embora os dados da Pesquisa Nacional de Saúde revelem que a frequência de pessoas com depressão aumenta de acordo com o avanço da idade, as crianças também são vítimas dessa doença e precisam de acompanhamento específico.

Pareceu interessante?

Curta! Escreva-me dando sua opinião e sugestão, vou adorar saber o que achou do artigo e como melhorar

nossa interação. Compartilhe com seus amigos! Clique aqui e mande seu e-mail.


Dr. Giulio Cesare - Medico do esporte e do Trabalho - Cardiologista

0 comentário