Quando a falta de ar é do coração?

Vez ou outra alguém chega em meu consultório se queixando de falta de ar e a preocupação além de doenças pulmonares, passa a ser também problemas cardíacos.

Mas isso é possível? Quando isso acontece?


A causa mais comum de uma dispnéia (falta de ar), causada pelo coração é a INSUFICIÊNCIA CARDÍACA!


Algumas características dessa falta de ar podem sugerir que essa seja a causa, vejamos algumas delas:


Acontece uma dispnéia de esforço, isto é, o paciente se queixa de um cansaço , de falta de ar rapidamente progressiva, começa dizendo oque a falta de ar surgia quando fazia longas caminhadas, ou uma atividade física mais intensa e em poucas semanas essa falta de ara passou a ser cada vez mais frequente e com uma intensidade menor de esforço para desencadear o cansaço a ponto de dizer que cansa até mesmo para fazer coisas normais do dia a dia, com atividades em casa mesmo.


Acontece em grande porcentagem de casos a ortopnéia (sintoma mais comum, mas não exclusivo da insuficiência cardíaca), onde o paciente se queixa de falta de ar quando fica na posição deitada.


Outra característica da falta de ar relacionada a insuficiência cardíaca é a dispnéia paroxística noturna, onde o paciente refere que após dormir, acorda 2 ou 4hs após com intensa falta de ar, agitado, levanta-se incomodado.


Essas são algumas característica que podem te orientar sobre seus sintomas, outras mais específicas que somente um CARDIOLOGISTA poderá identificar também estão presentes.


Portanto, a melhor maneira de cuidar desse problema é procurando auxílio-médico adequado.


Compartilhe com que alguém gostaria de saber sobre esse assunto que acabou de ler!


#DrGiulio #GiulioCesare #DrGiulioCesare #Médico #Cardiologista #Cardio #Cardiologia #ProcureUmCardiologista #SaúdeDoCoração #CuideDeQuemBatePorVoce #CoracaoSaudavel #MedicinaEsportiva #MédicoDoEsporte #MédicoDoEsporteSP #Esporte #EsporteFino #Saúde #SP #ZeroOnze #Ampai #Agende


Dúvidas e agendamentos de consultas fale diretamente comigo clicando aqui


0 comentário